Nuvem Cinza e Ovelha Negra

O Mau-humor Bem humorado.

domingo, junho 25, 2006

Nunca diga nunca!



Nunca mais eu bebo. Todo mundo fala isso um dia. É tão certo quanto todo mundo faz necessidades! Quem não fala isso é porque não bebe, e quem não bebe (nem nunca bebeu) não está vivo. E se não está vivo, está morto! Daí, fica meio difícil falar isso mesmo. Mas o que nos leva a fazer promessas falsas, que sabemos que não vamos cumprir? O que nos leva a jurar pela coroa de Santa Brígida, que nunca mais iremos beber? Tenta passar uma noite biritando que, com certeza irá achar a resposta! Passar a noite biritando - definição: Começar a beber às oito horas da noite, indo direto até às três horas da manhã. Piora a situação se estiver em um lugar apropriado pra dançar. Daí você fica lá no meio da pista, aproveitando aquele cambaleamento devido ao elevado nível de álcool no sangue, fingindo que quase caindo é uma dança. Você dá uma checada nas pessoas ao seu redor, e logo encontra alguém interessante (dizem que quando se está bebado, as pessoas ficam 25% mais bonitas, né?).No escuro e bebado, você vai pra um cantinho mais reservado (leia-se, mais escuro ainda!) pra dar uns malhos. O súbito repouso te faz sentir tonto, e fecha os olhos, tentando tirar uma concentração do meio do estômago pra não vomitar na boca da pessoa, enquanto esta fica beijando o seu pescoço, achando que você tá de olho fechado e com a cabeça caída pra traz de tanto prazer. Vai embora pra casa andando, andando mal, diga-se de passagem. Se for mulher então, fica parecendo uma traveca bêbada, que não consegue se equilibrar no salto e fica com a maquiagem toda cagaaaada. Deita na cama, dorme na hora, e no dia seguinte acorda com aquele gosto de corrimão de pensão na boca e com a perna doendo. É por isso que sempre prometemos "Nunca mais eu bebo". Nunca mais até o sábado que vêm!

1 Comments:

Blogger Caroline said...

"O súbito repouso te faz sentir tonto, e fecha os olhos, tentando tirar uma concentração do meio do estômago pra não vomitar na boca da pessoa, enquanto esta fica beijando o seu pescoço, achando que você tá de olho fechado e com a cabeça caída pra traz de tanto prazer."

HAHAHAHAHAHAHAHA CARACA, QUE ENGRAÇADO!

Realmente, Gabriel, seu texto tá muito bom, parabéns!

Beijos,
Carol

2:44 PM  

Postar um comentário

<< Home